Bolo, velinhas, balões… A tradição de se comemorar aniversários!

Boa noite, pessoal! Como vocês estão? Bem, eu aposto, porque, afinal, feriado quinta-feira é sinônimo de 4 dias de folga! rs

Hoje, vou contar para vocês um pouquinho da história dos aniversários!

De acordo com o livro The Lore of Birthdays (“A Sabedoria dos Aniversários”, sem tradução para o português), dos estadunidenses Ralph e Adelin Linton, comemorações de aniversários surgiram cerca de 3000 a.C., no Egito e na Grécia. No primeiro, apenas faraós e deuses tinham direito a essas festas; na Grécia, a festa era destinada a uma deusa em especial: Ártemis, a deusa da Lua e da caça. Naquela época, as fases lunares serviam como calendário para o ser humano e cultuar a deusa era uma forma de pedir proteção. Foi inclusive nessa comemoração que surgiu a tradição do bolo e das velas: o bolo redondo, que representava a Lua cheia, era uma oferenda a Ártemis e as velas tinham como objetivo espantar os maus espíritos e a fumaça da chama levava, segundo os antigos, as preces até a deusa. Com o tempo, a tradição chegou a Roma e o costume foi estendido ao imperador e seus familiares e aos senadores (ele só se tornaria uma festividade comum mais tarde).

artemis

Até o século IV, a Igreja Católica condenava essa comemoração por ser uma tradição pagã, mas, então, começou a celebrar o nascimento de Jesus Cristo, o Natal. Daí, o hábito foi se disseminando e seus símbolos foram (res)surgindo. Vejamos alguns:

Velas: reapareceram na Alemanha e, assim como hoje, havia tantas velas quanto o número de anos de vida completados pelo aniversariante. Além disso, havia uma vela a mais que simbolizava a luz da vida.

Balões: acredita-se que os balões de tripas de animais foram os brinquedos mais antigos já inventados. Além de alegrar as crianças, o barulho que proporcionavam ao serem estourados era uma tentativa de se afastar os maus espíritos.

Presentes: a tradição de se presentear o aniversariante é originária da Roma Antiga. Objetos de proteção eram espalhados ao redor do aniversariante para evitar a influência dos maus espíritos.

“Parabéns pra você”: a tradicional música de aniversário surgiu nos Estados Unidos em 1875. Na verdade, nesse ano, as professoras Mildred e Patricia Hill criaram a música “Good Morning To All”. Com o tempo, a letra da música foi sendo alterada até que, em 1912, surgiu o famoso “Happy Birthday To You”. A versão brasileira foi criada em 1942 pela poetisa brasileira Bertha Celeste Homem de Mello, em 1942.

happy

Hoje em dia, as festas de aniversário, diferente de antigamente, servem para se comemorar mais um ano de vida. É um dia especial que o aniversariante passa com seus parentes e amigos.

E aí, pessoal? Gostaram? Espero que sim!

Por hoje, é isso! Até a próxima e bom feriado! ;D

 

Fontes:

http://mundoestranho.abril.com.br/materia/quando-surgiu-o-costume-de-comemorar-aniversarios

http://atrevidinha.uol.com.br/atrevidinha/beleza-idolos/97/artigo257930-1.asp.htm

http://origemdascoisas.com/a-origem-do-aniversario/

http://www.pucpr.br/arquivosUpload/5388793051376660841.pdf

 

Anúncios

Um comentário em “Bolo, velinhas, balões… A tradição de se comemorar aniversários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s