Arquivo mensal: outubro 2016

O Prêmio Nobel

Por Thiago Santana

 

nb1

Em geral, outubro é o mês quando são revelados os laureados pelo Prêmio Nobel. A cerimônia, tão tradicional, faz parte da nossa cultura e está presente no imaginário popular. Mas você conhece a história do prêmio?

 Tudo tem início com o industrial e inventor sueco Alfred Nobel. Nascido em Estocolmo e desde cedo manifestando interesse por literatura e ciências naturais, ingressa no curso de Engenharia Química. Trabalhando na empresa do pai, que era também engenheiro, realizou diversas experiências com a nitroglicerina, buscando aprimorar seu uso na construção civil. Após um acidente em uma dessas experiências, seu irmão Emil morre, fazendo com que ele se mude para uma região mais distante. O objetivo principal de Nobel era transformar a nitroglicerina em um material mais facilmente manuseável, e por meio dessas pesquisas chegou à pasta que deu origem à dinamite, em 1867. A invenção, devido às suas diversas aplicações, foi um sucesso e rapidamente se espalhou pelo mundo. Nobel, ao longo da vida, ainda se dedicou à outras invenções, dentre as quais a borracha sintética. Contudo, a maior parte de sua fortuna teve origem nos seus investimentos em petróleo, sobretudo nas companhias fundadas pelos seus irmãos. Nobel morreu em 1896 de hemorragia cerebral.

O inventor deixou uma enorme fortuna e um testamento ordenando a utilização de 94% do dinheiro para a criação de um prêmio que reconhecesse figuras que contribuíram para o avanço cultural e científico da humanidade. As cinco categorias iniciais da premiação eram Física, Química, Medicina, Literatura e Paz. Em 1968, Economia foi incluída como uma das áreas do Prêmio Nobel. Desde 1901, ano da primeira premiação, a cerimônia ocorre anualmente em Estocolmo, na Suécia, tendo sido interrompida durante os anos da Segunda Guerra Mundial. Os laureados recebem uma medalha de ouro, um diploma e uma quantia em dinheiro a ser determinada pela Fundação Nobel, sendo que em 2012 a quantia dada foi de 1,2 milhões de dólares.

nb2

O Prêmio Nobel tornou-se a forma mais prestigiada de reconhecimento nas áreas que abrange. Contudo, isso não o poupou de diversas críticas ao longo de sua história. Dentre as objeções ao prêmio está o predomínio de um eurocentrismo, sobretudo na categoria de literatura. Além disso, influência política e falta de merecimento já foram apontados por alguns críticos do prêmio. Há, inclusive, casos de pessoas que se recusaram a aceita-lo, sendo o caso mais famoso o do filósofo e escritor Jean-Paul Sartre.

Os critérios para as categorias de premiação já mudaram diversas vezes. Hoje em dia, a escolha dos laureados tende a ser menos conservadora. Isso torna possível a escolha, por exemplo, de artistas como Bob Dylan, um cantor popular, para a categoria de literatura, devido ao seu poderoso lirismo. Talvez este tipo de situação seja mais comum a partir de agora.

Agora que você já conhece melhor a história do Prêmio Nobel, que tal conferir o nome e o trabalho dos vencedores deste ano?

Referências

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/811574-conheca-ganhadores-que-recusaram-o-nobel-os-impedidos-por-hitler-e-outras-curiosidades.shtml

http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2016/10/05/conheca-a-origem-dos-premios-nobel.htm

http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/curiosidades/premio-nobel.htm